Família do Atleta

O caminho do Esporte não é fácil de ser percorrido. Existem barreiras, medos, desafios, incertezas. E é aí que a família do atleta entra em cena. Família é apoio, suporte, segurança. Você tem de estar ao lado do seu atleta não só para incentivá-lo e acolhê-lo, como também para orientá-lo a fazer as escolhas certas.

Como parte da família, você tem que saber o que é a antidopagem para conversar com seu atleta. Você precisa entender que o Controle de Dopagem é feito para defender o Esporte. Dopagem é fraude. E, por isso, não podemos deixar que alguém que não merece vencer passe à frente do atleta que trabalhou duro, treinou e teve um desempenho esportivo sem fazer uso de substâncias ou métodos proibidos, sem pegar nenhum atalho para o pódio.

 

O que a família pode fazer?

O atleta tem seus momentos de fragilidade e é nessas horas que ele precisa confiar em alguém, precisa do seu apoio.

Preste atenção no seu atleta. Ele pode se sentir pressionado de todos os lados: treinador, patrocinador, torcida. É nesse momento que você pode ser o ombro amigo para erguê-lo e não deixar que ele escolha o caminho errado, sem volta.

O atleta pode ser seduzido ou, até mesmo, ser movido pela fama ou pelo dinheiro fácil. Assim, pode ficar propenso a aceitar a Dopagem por imaginar que vai conseguir o que quer com mais facilidade. Fique atento a isso também, para aconselhá-lo.

Conheça a equipe técnica do seu atleta. Trabalhe junto com ela. Muitos atletas depositam em seus treinadores o sucesso da carreira. Com toda essa influência, é bom que você conheça como ele está sendo orientado e como o treinador acha que você pode ajudar.

Não existe uma fórmula que vá fazer o atleta aceitar ou não a dopagem. Existe um trabalho contínuo de fazê-lo entender que o Esporte exige trabalho duro, determinação, compromisso ético. É o nome dele que está em jogo. É sua reputação e credibilidade. É o sonho, a carreira, a vida de sacrifícios em prol do Esporte. Como família, você pode ensinar valores, ajudar a lidar com situações difíceis e, principalmente, motivar o seu atleta a competir livre dos perigos da Dopagem.

 

 

 

ADAMS

Formulário de Localização para Atletas com deficiência visual - versão 1 - clique para acessar

Formulário de Localização para Atletas com deficiência visual - versão 2 - clique para acessar

 

 

 

ADAMS – Anti-Doping Administration and Management System é um sistema baseado na internet que permite fazer o gerenciamento e a administração do Controle de Dopagem. A ferramenta é gratuita e a Agência Mundial Antidopagem – WADA-AMA, como coordenadora do Sistema, garante a segurança de todos os dados cadastrados.

Com o ADAMS, é possível centralizar, em um só lugar, as informações sobre a localização do atleta (módulo conhecido como whereabouts), testes realizados, solicitações de Autorização de Uso Terapêutico – AUT, passaporte biológico entre outros elementos significativos para o controle de dopagem do atleta. É, portanto, um importante instrumento de gestão para entidades esportivas porque acrescenta, reúne e consolida os dados de antidopagem em um ambiente seguro.

Essa centralização e automatização facilitam o compartilhamento de informações entre as organizações antidopagem, promovendo a eficiência de suas ações. Tudo isso para assegurar que o Código Mundial Antidopagem seja devidamente cumprido.

As informações do ADAMS podem ser consultadas tanto pela ABCD, quanto pela Federação Internacional da modalidade do atleta e pela WADA-AMA.

 

 

  - Localização do Atleta (Whereabout)

 O atleta selecionado recebe um aviso formal de que necessita informar sua localização a cada três meses. Isso porque uma Autoridade de Teste pode precisar encontrar o atleta para fazer um controle Fora-de-Competição.

 


 

Assim, o atleta precisará informar:

  • um período diário de 1 hora onde poderá ser localizado para realização de Controle de Dopagem;
  • o endereço da acomodação de pernoite;
  • o endereço de correspondência;
  • o endereço de uma atividade regular (como local de treinamento ou trabalho); e,
  • o calendário de competições.

As informações de localização devem ser permanentemente atualizadas no sistema ADAMS, para que o atleta evite a ocorrência de uma Falha de Localização. Três falhas em 12 meses podem ser consideradas uma Violação às Regras Antidopagem.

Os atletas podem inserir suas informações de localização de qualquer lugar do mundo e modificá-las, sempre que necessário, pelo site ou por mensagens SMS para ADAMS.

Para os Atletas com deficiência visual, a ABCD desenvolveu um Formulário de Localização, com base no modelo cedido pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês). Assim, o Atleta que tem o programa de leitura no computador, pode ter acesso ao Formulário de Localização adaptado e seu tutorial no início desta página. 

Para os demais Atletas, acesse o tutorial ADAMS de localização, clicando aqui

 

 

- Autorização de Uso Terapêutico - AUT

O sistema ADAMS facilita o gerenciamento de pedidos de AUT e a notificação das partes relevantes envolvidas no processo. Caso a AUT seja concedida, o ADAMS fornece aos atletas a opção de imprimir o certificado de aprovação.

 

 

 

 

 


- Plano de Teste e Gestão de Resultados

O banco de dados do ADAMS é importante tanto para o controle de dopagem Em Competição quanto Fora-de-Competição. As organizações antidopagem podem utilizá-lo para planejar, coordenar os testes e decidir em qual ordem serão aplicados, bem como gerenciar os resultados.
 
E qual a importância disso? Além de facilitar, ajuda a evitar um duplo trabalho, harmonizando a comunicação entre autoridades de testes, responsáveis pela coleta de amostras e laboratórios.

 

 

  - Laboratórios

O material recolhido do atleta segue como um número para o laboratório, desvinculando do nome do atleta. Quando chega ao laboratório, o material recebe outro número, o da amostra, e segue para análise. Esse procedimento é feito para que ninguém do laboratório saiba de quem é aquela amostra coletada. A união desses números e do nome do atleta é feita pelo ADAMS, no momento em que o laboratório registra o resultado. A partir daí, as autoridades competentes, incluindo a AMA, são notificadas.

 

 
 
 
 
 
 
 

O que é uma AUT (TUE na sigla em inglês)?

AUT é a Autorização de Uso Terapêutico que permite ao atleta utilizar algumas das Substâncias ou Métodos Proibidos em caso de problemas de saúde, desde que não exista uma opção de tratamento alternativo ou desde que obedeça a todos os critérios que estão presentes no Padrão Internacional para Autorização de Uso Terapêutico da Agência Mundial Antidopagem – WADA-AMA.

O atleta que só participa de Competições Nacionais deve solicitar a AUT para a ABCD. O pedido deve ser feito com antecedência, em um prazo nunca inferior a 30 dias de sua competição. Seu pedido é analisado por uma comissão de médicos, a Comissão de AUT da ABCD. Caso a Comissão julgue que o uso da substância ou do método atende os critérios definidos pelo Padrão Internacional para Autorização de Uso Terapêutico, a AUT é concedida.

Atenção! As regras mudam quando você participa de uma Competição Internacional ou quando você está no Grupo Alvo de Testes de sua Federação Internacional. A AUT passa a ser solicitada para a Federação Internacional a qual você está vinculado. O termo inglês para AUT é TUE - Therapeutic Use ExemptionSe você participa de alguma Competição Internacional ou está no Grupo Alvo de Testes de sua Federação Internacional clique aqui e saiba mais detalhes.

O formulário, a documentação e os procedimentos necessários para obtenção da AUT estão disponíveis aqui.

Bolsa-Atleta

 

O atleta que recebe o benefício do Programa Bolsa-Atleta ou do Atleta Pódio firma também um compromisso com a antidopagem. Cada atleta contemplado precisa assinar um Termo que informa as obrigações a serem cumpridas. O Termo de Adesão, no caso do Bolsa-Atleta, e o Termo de Compromisso, para o Atleta Pódio. Entre as exigências está a de que o atleta deve estar sempre disponível para a coleta de amostra de urina ou sangue e fornecer informações atualizadas sobre sua localização para os controles Fora-de-Competição. 

“Ao assinar o presente Termo de Adesão, o (a) BENEFICIÁRIO (A) se compromete a empenhar-se na luta contra o uso de dopagem no esporte, de forma a preservar os valores e princípios éticos que caracterizam o jogo limpo e o espírito esportivo” – Trecho do Termo de Adesão do Programa Bolsa-Atleta.

O mais importante é que o atleta condenado por uso de substâncias ou métodos proibidos da Lista da Agência Mundial Antidopagem – WADA-AMA tem o contrato anulado e perde o direito de receber os benefícios.

Isso mesmo! Atleta que utiliza dopagem pode ser suspenso das competições, pode perder os prêmios recebidos, os patrocínios com empresas estatais, o benefício do Bolsa-Atleta, do Atleta Pódio. Mas o certo é que ele destrói o que demora quase uma vida toda para se erguer: sua credibilidade e reputação. De herói passa a ser vilão...

Quer saber mais informações sobre o Programa Bolsa-Atleta e Atleta Pódio? Clique aqui e visite o site.

 

 

Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem – ABCD
SQS Q. 6  - Asa Sul, 12º Andar, Sala 1203
Edifício Parque Cidade Corporate
70308-200 - Brasília, DF, Brasil
Tel: +55 61 2026 1478
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

© 2019 ABCD. Todos os direitos reservados.