Notícias
Você está na seção de Notícias da Central de Mídia. Aqui você encontra notícias e reportagens sobre a antidopagem no esporte e sobre as ações da ABCD

Jornadas ABCD de Formação de Agentes de Controle de Dopagem superam expectativas

“Quero agradecer a oportunidade de participar da seleção e posteriormente do curso de formação de DCO. Foi verdadeiramente excelente em todos os seus aspectos e superou as expectativas de todos com quem conversei. Conseguimos entender o grande esforço que é realizado para gerar condições de excelência nesta área, com total consciência de que a mudança não é um evento e sim um processo.” O depoimento de Carlos Pinheiro soma-se a diversas outras avaliações positivas que comprovam o sucesso das primeiras edições das Jornadas ABCD de Formação de Agentes de Controle de Dopagem.

Entre os dias 4 e 9 de agosto, na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro – FERJ, a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem – ABCD, em parceria com a Agência Antidopagem dos Estados Unidos – USADA, formou 58 Oficiais de Controle de Dopagem (mais conhecidos como DCO na sigla em inglês) e 73 Líderes de Escolta, totalizando 131 Agentes.

A 1ª Jornada ABCD, voltada para DCOs, contou com aulas teóricas e práticas da ABCD e da USADA. A 2ª Jornada, voltada para Líderes de Escolta, teve a formação realizada exclusivamente pela equipe da ABCD. No último dia de cada turma foi a vez das simulações no Maracanã, com duração de cinco horas. Os Líderes de Escolta trabalharam com discussões de cenários que realmente acontecem no mundo do esporte. Já os DCOs fizeram a simulação de uma Operação de Controle de Dopagem completa, “Em-Competição”. Para isso, foram usadas as instalações do Maracanã, onde situações vivenciadas nos exercícios simulados acontecem na vida real.

Marcelo Urbano, que esteve na segunda turma de Líderes de Escolta, gostou do resultado final da Jornada. “O curso foi bastante positivo, desde o momento em que receberam a gente, até as aulas. O tempo passou rápido, pela qualidade dos profissionais que deram as aulas e pelos cenários reais apresentados durante a vivência em campo dos nossos instrutores. O Controle de Dopagem é um passo extremamente importante para o Esporte e faltava isso no Brasil. Estamos ansiosos para ir a campo”.

Na abertura das Jornadas estiveram presentes diversas autoridades, entre elas, o Diretor de Serviços Médicos e Controle de Dopagem do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio2016, o ex-atleta olímpico Dr. João Grangeiro, o Presidente da Comissão de Controle de Doping da CBF, Fernando Solera, o Diretor do Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem – LBCD, Dr. Francisco Radler, o Presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro - FERJ, Rubens Lopes, o Diretor do Instituto das Ciências do Futebol da FERJ, Dr. Wagner Figueiredo, o Diretor de Operações e Serviços da Autoridade Pública Olímpica, Ênio de Carvalho e o Assessor Especial da Casa Civil, Pedro Pontual.

O Secretário Nacional para a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem – ABCD, Marco Aurelio Klein, em seu discurso de abertura destacou: “Hoje estamos fazendo história, nos preparando para enfrentar de forma sistematizada os enormes desafios da Luta Contra a Dopagem no Esporte. Muitos acham que Dopagem é um problema sobre drogas. É mais do que isso. Dopagem é sobre ética e valores. Com as Jornadas, estamos nos fortalecendo para combater a fraude que afeta todos aqueles que amam o Esporte.”

Um dos quatro instrutores da USADA que vieram ao Brasil nessa parceria, o Oficial de Controle de Dopagem Kris Forberg, também deixou seu recado. “É uma honra, um privilégio estar aqui. A ABCD contará com um grupo muito qualificado de Agentes. Foi realmente uma ótima Jornada.”

O primeiro passo dos participantes das Jornadas da ABCD que pretendem atuar como DCO e Líder de Escolta já foi dado. Agora eles estão aptos a buscar a Certificação, definida como norma pela ABCD, de acordo com o novo Código Mundial Antidopagem, e que começará a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2015. Além das missões designadas pela ABCD, os Agentes de Controle de Dopagem certificados estarão habilitados a se candidatar para trabalhar nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio2016.

Quem perdeu a primeira oportunidade de participar da 1ª e da 2ª Jornada, ainda tem chance de fazer parte do time de Oficiais de Controle de Dopagem e Escoltas da ABCD. Ainda este ano a ABCD pretende realizar, no mínimo, mais duas Jornadas. A expectativa é que, até o final de 2014, sejam formados mais de 250 Agentes de Controle.

O assessor da Casa Civil, Pedro Pontual deixou um importante recado para os participantes das Jornadas: “Vocês são os fundadores desse processo no Brasil. Não é um projeto passageiro. Trata-se de uma ação de Estado. É um projeto que veio para ficar. Contamos com o engajamento de todos na luta contra a Dopagem”.

Seleção e metodologia
Os participantes das Jornadas passaram por amplo processo seletivo, que contou com análise de currículos, avaliação de perfil ético e, no caso dos DCOs,  entrevistas em inglês.

A 1ª Jornada de Formação de DCOs foi voltada para educadores físicos e outros profissionais da área de saúde com habilidades didáticas e domínio da língua inglesa. Foram valorizados conhecimentos e experiências profissionais associadas ao Esporte, bem como especializações em Medicina Esportiva e conhecimento de outros idiomas. Durante a entrevista, os candidatos foram avaliados em relação ao seu conhecimento prático da língua inglesa, demonstrado por meio de uma breve exposição de um dos textos indicados pela ABCD e que integraram a parte teórica.

Todo o conteúdo do treinamento baseou-se nos Padrões Internacionais de Testes e Investigações estabelecidos pela Agência Mundial Antidopagem – WADA-AMA.

Além da aula inaugural do Secretário Marco Aurelio Klein sobre a Luta Contra a Dopagem no Esporte, no mundo em geral e no Brasil em particular, que abrangeu o Sistema Internacional da Luta Contra a Dopagem, os participantes assistiram, durante o curso, às aulas teóricas e práticas do primeiro e do segundo dia, fizeram prova e vivenciaram simulações em campo sob a supervisão da Agência Antidopagem dos Estados Unidos – USADA.

A 2ª Jornada, voltada para profissionais com vivência no Esporte, tiveram como objetivo a formação dos Líderes de Escolta, agentes com conhecimento para notificar e acompanhar atletas nos procedimentos de Coleta de Amostras para o Controle de Dopagem. Assim como os DCOs, os candidatos a Líderes de Escolta também passaram pela rigorosa seleção da ABCD, com análise curricular e de perfil ético. Durante a Jornada, os alunos trabalharam o conteúdo teórico e prático em sala de aula e puderam acompanhar as simulações (estudos de caso) desenvolvidas e aplicadas por instrutores da ABCD.

“As duas turmas foram muito dedicadas. É disso que precisamos para desenvolver ainda mais o Controle de Dopagem no Brasil. A ABCD espera ver vocês em breve, vestindo a camisa, seguindo junto com a gente na Luta Mundial Contra a Dopagem no Esporte”, disse Klein no evento de encerramento da última turma.


Clique neste link e confira galeria de fotos das Jornadas de Formação

Check English version

Foto: Divulgação
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem – ABCD
Setor de Indústrias Gráficas - SIG, Quadra 04, lote 83
Bloco C, 2º andar, sala 201
Condomínio Capital Financial Center
70610-440 - Brasília DF
Tel: +55 61 3429 6919
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

© 2014 Ministério do Esporte. Todos os direitos reservados.