Operadores da Justiça Esportiva
Você está na Área do Operador da Justiça Esportiva. Reunimos, aqui, um espaço para você acompanhar os casos, se informar, ter acesso aos códigos, publicações, audiências, comissões que envolvem Justiça e dopagem no Esporte. Os Operadores de Justiça Esportiva tem papel essencial no processo de Controle de Dopagem. São vocês que batem o martelo na defesa da ética esportiva e proteção do atleta que recusa a dopagem. São vocês que fazem valer todo o esforço de mergulhar nessa batalha por um Esporte mais justo. Defenda nosso Esporte: junte-se a nós na Luta Contra a Dopagem no Esporte

 

 
 

 

O que é uma AUT (TUE na sigla em inglês)?

AUT é a Autorização de Uso Terapêutico que permite o atleta utilizar algumas das Substâncias ou Métodos Proibidos em caso de problemas de saúde, desde que não exista uma opção de tratamento alternativo ou desde que obedeça a todos os critérios que estão presentes no Padrão Internacional para Autorização de Uso Terapêutico da Agência Mundial Antidopagem – WADA-AMA.

O atleta que só participa de Competições Nacionais, bem como o atleta que participa de Competições Internacionais e está no Grupo Alvo de Testes da ABCD, deve solicitar a AUT para a ABCD. O pedido é analisado por uma comissão de médicos, a Comissão de AUT da ABCD. Caso a Comissão julgue que o uso da substância ou do método proibido atende aos critérios definidos pelo Padrão Internacional para Autorização de Uso Terapêutico, a AUT é concedida.

O formulário, a documentação e os procedimentos necessários para obtenção da AUT por atletas que competem nacionalmente e/ou que estão no Grupo de Alvo de Testes da ABCD, estão disponíveis aqui.

As regras mudam quando o atleta participa de uma Competição Internacional e está no Grupo Alvo de Testes de sua Federação Internacional. A AUT passa a ser solicitada para a Federação Internacional a qual ele está vinculado.

Atenção!

  • Se o atleta compete nacionalmente e resolve participar de uma Competição Internacional, ele deve ter cuidado! Caso ele já tenha uma autorização que foi solicitada para a ABCD e aprovada, ela somente será válida para Competição Internacional se for reconhecida pela Federação Internacional do atleta ou pela Organização de Grandes Eventos (Comitê Olímpico Internacional – COI, Organização Desportiva Pan-Americana – ODEPA e outros). Agora, se o atleta compete nacionalmente, mas resolve participar de uma Competição Internacional e não tem AUT, ele deve fazer a solicitação para a Federação Internacional dele, caso necessite.
  • Se o atleta tem uma AUT concedida pela ABCD e foi chamado para compor o Grupo Alvo de Testes de sua Federação Internacional, ele precisa validar sua AUT junto à Federação Internacional que ele é vinculado.

O atleta deve fazer a solicitação de AUT para sua Federação Internacional pelo ADAMS - Anti-Doping Administration and Management System. O termo inglês para AUT é TUE - Therapeutic Use Exemption.

O pedido, tanto para atletas que participam de Competições Nacionais, quanto Internacionais, deve ser feito com antecedência, em um prazo nunca inferior a 30 dias da competição.  A AUT é concedida se:

  • o atleta tiver problemas de saúde significativos caso não utilize o método ou a substância;
  • o uso terapêutico não produzir intensificação significativa no desempenho do atleta;
  • não existir alternativa terapêutica razoável para o uso do método ou substância;
  • a necessidade de utilizar a substância ou método proibido não vier de uma utilização anterior, não terapêutica, de qualquer substância ou método proibido.

 

 

 
Notícias
Vídeos
 
 

Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem – ABCD
Setor de Indústrias Gráficas - SIG, Quadra 04, lote 83
Bloco C, 2º andar, sala 201
Condomínio Capital Financial Center
70610-440 - Brasília DF
Tel: +55 61 3429 6919
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

© 2014 Ministério do Esporte. Todos os direitos reservados.